Steven Seagal é multado por promover Bitcoiin2Gen nas redes sociais

O ator de filmes de ação, Steven Seagal (foto), promoveu nas redes sociais o investimento numa criptomoeda e ocultou que estava a ser pago para o fazer. Os reguladores americanos aplicaram uma multa pesada em quase 300 mil euros por promover criptomoeda Bitcoiin2Gen.

Os reguladores do mercado de valores mobiliários dos EUA anunciaram nesta quinta-feira (27/02) que multaram o ator Steven Seagal e suspenderam-no de fazer promoções de investimentos devido a acusações de que Seagal vendeu um produto de criptomoeda sem divulgar que estava recebendo uma compensação para fazer as promoções.

O ator apresentou a oferta inicial de moedas, Bitcoiin2Gen, nas redes sociais, pedindo aos seguidores para não perderem um investimento considerado a "próxima geração de Bitcoin", afirmou a Comissão de Valores Mobiliários em comunicado.

Porém o ator Steven Seagal, 67 anos, não revelou que lhe tinham sido prometidos 250.000 dólares [227 mil euros] em dinheiro e 750.000 dólares [682 mil euros] em tokens, como pagamento em troca da divulgação da criptomoeda junto dos seus 107 mil seguidores no Twitter e 6,7 milhões no Facebook.

As ações desrespeitaram uma lei de valores mobiliários que exige que as pessoas divulguem se vão ter uma compensação, segundo a comissão.
"Estes investidores tinham o direito de saber sobre os pagamentos que o ator Steven Seagal recebeu para que pudessem decidir se poderia ser tendencioso", disse Kristina Littman, chefe da Cyber Unidade da divisão de fiscalização da Comissão de Valores Mobiliários.

O órgão regulador dos EUA ordenou que Seagal pague 314.000 dólares [286 mil euros] em multas e o impediu de movimentar títulos por três anos.