Distrito Federal cresce 1,8% em 2019 e BRB volta a operar com BNDES

Por Ronaldo Nóbrega 

No primeiro ano de Ibaneis Rocha (MDB-DF) à frente do Governo do Distrito Federal (GDF) os índices econômicos foram muito bons, acima da média Nacional. A receita foi simples: desburocratizar processos para o empreendedor e pagar as dívidas deixadas pela administração passada.

Segundo o governador, a cidade estava bastante sucateada, isso impediu um crescimento mais forte nos 6 primeiros meses. Contudo, a partir do segundo semestre as coisas começaram a caminhar em um ritmo mais acelerado, o que proporcionou o superávit econômico de 1,8% em relação a 2018.

As perspectivas para 2020 são muito animadoras, especialmente com o anúncio da melhora do rating do Banco de Brasília (BRB). O Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) reavaliou o status do BRB e concluiu que as melhorias realizadas no BRB nos últimos meses eram suficientes para subir elevar o nível de investimento do banco brasiliense.

Com essa reavaliação, o BRB poderá ofertar as linhas de crédito do BNDES para investidores de múltiplas áreas. O BNDES é um dos maiores bancos financiadores do empreendedorismo no mundo e possui linhas específicas para diferentes tamanhos de investimento.

Dessa forma, Ibaneis tem tudo para emplacar uma das melhores gestões no DF dos últimos anos. No campo da saúde, o Instituto Hospital de Base vem apresentando a mesma excelência no atendimento do que hospitais particulares. A tendência é que o DF dê um grande salto qualitativo na saúde, especialmente para os usuários que dependem do Sistema Único de Saúde (SUS).

Na Educação, a principal novidade são as escolas de gestão compartilhada com a presença de policiais e bombeiros militares. Os resultados no desempenho dos alunos já estão rendendo frutos e a segurança no entorno desses colégios está consideravelmente melhor.

A segurança pública também é um destaque, registrando vários recordes de menor incidência de crimes, como a queda de cerca de 14% nos crimes violentos. No campo social, o destaque fica a cargo da pasta criada por Ibaneis, a Secretaria de Atendimento à Comunidade (SEAC) é um importante canal entre a população e o GDF. Chefiada pelo advogado e professor, Severino Cajazeiras, foi criada com o intuito de aproximar as demandas do cidadão dos serviços públicos. Nesse sentido, milhares de atendimentos foram feitos e muitos pequenos problemas foram resolvidos em menos de 24h.

Portanto, o cidadão brasiliense pode vislumbrar um futuro de melhorias para os serviços públicos do DF, caso o governador Ibaneis Rocha continue no caminho de desburocratizar a máquina pública e focar os esforços de governo nas populações mais carentes do DF e Entorno.