Sindate-DF participa de lançamento de frentes parlamentares em defesa da enfermagem

O Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem dos Distrito Federal (Sindate-DF), juntamente com o deputado distrital Jorge Vianna (Podemos), participou, na tarde desta terça-feira (20), do lançamento das frentes parlamentares mista em defesa da enfemagem e em defesa das 30 horas, na Câmara dos Deputados. O objetivo das frentes é lutar pelos direitos e por melhorias para os profissionais da enfermagem.

“Pela primeira vez, temos no Congresso Nacional duas frentes em defesa da enfermagem. Esperamos que essas frentes saiam do papel e tenham prática nas ações voltadas para as melhorias” comentou o diretor do Sindate-DF Newton Batista. “Ações essas que vão refletir numa melhora na qualidade de vida do trabalhador, como a redução da carga horária, piso salarial, melhores condições de trabalho, entre outros assuntos de nível federal que precisam atingir o maior público da enfermagem”, finalizou.

Já o deputado distrital Jorge Vianna (Podemos) destacou que o problema da enfermagem vai além das 30 horas e afirmou a necessidade de uma evolução tecnológica. “Há problema também de ergometria. A enfermagem ainda vive num mundo de manivela, em comparação com outros países. Em se tratando de problemas de saúde, a enfermagem sofre com problema ortomuscular. Nós ainda fazemos força, vivemos em um mundo arcaico e ninguém fala sobre isso”, ressaltou. “Estamos falando apenas na consequência, que é o adoecimento do trabalhador e os baixos salários. Mas precisamos falar da questão da saúde do trabalhador e como fazemos para cobrar os empresários e o Estado a fornecer equipamentos e automatizar nossos hospitais e máquinas”, completou.

Durante o evento, o presidente da Frente Parlamentar em Defesa das 30 horas, deputado Mauro Nazif (PSB-RO), falou sobre a luta dos profissionais para conseguir o reconhecimento desse direito. “Essa luta é antiga. O primeiro projeto que tramitou na casa foi em 2000. Nesse projeto, feito há 19 anos, já se falava nas 30 horas”, comentou. “As 30 horas não são por acaso. Pra quem vive dentro de um hospital, dentro de uma unidade de saúde sabe o que isso significa”, avaliou.

Já o deputado Célio Studart (PV-CE), presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Enfermagem, comentou sobre a importância da iniciativa no reconhecimento dos profissionais. “Atuam em condições insalubres, precárias, sem piso salarial digno. E mesmo assim não perdem a bravura. A enfermagem não falta ao país, mas o país falta à enfermagem. Por isso, é com alegria que instalamos essa frente”, ressaltou.

Após a cerimônia de lançamento das frentes parlamentares, o presidente do Sindate, João Cardoso, juntamente com o deputado distrital Jorge Vianna e uma comitiva de parlamentares e representantes de entidades de enfermagem, se reuniram com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para pedir apoio e celeridade na aprovação dos projetos que beneficiam a enfermagem.

Também participaram do evento o presidente do Sindate-DF, João Cardoso, e os diretores Isa Leal, Moisés de Miranda, Josy Jacob e Elza Aparecida.