Mesa Diretora do Parlasul se reúne com autoridades do Poder Executivo e Legislativo do Brasil

Na última terça-feira (20), Parlamentares da Mesa Diretora do Parlamento do MERCOSUL completaram uma série de audiências com diferentes autoridades do Poder Executivo e Legislativo do Brasil, na cidade de Brasília. Neste semestre, o país exerce a Presidência Pro témpore do MERCOSUL.

A missão iniciou na segunda-feira (19) com a reunião da Mesa Diretora, integrada pelo Presidente do PARLASUL, Parlamentar Daniel Caggiani (Uruguai), e os Vice-Presidentes e Chefes de Delegação, os Parlamentares Walter Nostrala (Argentina); Arlindo Chinaglia e Celso Russomanno (Brasil); Tomás Bittar, José Torres e Manuel Morínigo (Paraguai); Luis Gallo (Uruguai); e Luis Emilio Rondón (Venezuela).

Os Parlamentares Caggiani e Russomanno também se reuniram com o Vice-Presidente do Brasil, Hamilton Mourão, onde conversaram sobre “a entrada da Bolívia ao MERCOSUL e os avanços na Agenda Externa do bloco, entre outros assuntos”, explicou o Parlamentar Caggiani.


FOCEM II e obras de infraestrutura

Na terça-feira (20), os Parlamentares compareceram a uma audiência com o Ministro das Relações Exteriores do Brasil, Chanceler Ernesto Henrique Fraga Araújo, onde debateram diferentes temas. O Chanceler brasileiro indicou que busca continuar o processo de reforma e ajuste internacional do MERCOSUL, para aumentar sua eficiência, assim como da necessidade de revisão da Tarifa Externa Comum.

De igual maneira, o Chanceler Araújo falou sobre o Fundo de Convergência Estrutural do MERCOSUL (FOCEM), e a necessidade de reestruturar a instituição, buscando gastos mais racionais e projetos mais efetivos; e sobre as duas novas pontes entre Brasil e Paraguai, projeto que é concebido como uma alternativa em investimentos em integração.

“O FOCEM surge como uma ferramenta para superar as assimetrias e apoiar aos países de menor desenvolvimento, como Paraguai. Obras de infraestrutura e melhoramento da competitividade financiará este fundo, motivo pelo qual trabalhamos por uma pronta aprovação”, indicou o Parlamentar Manuel Morínigo, ao se referir sobre a continuidade dos referidos fundos.

Por sua vez, o Parlamentar brasileiro Celso Russomanno também destacou a necessidade de reforma da ponte Barão de Mauá que conecta Brasil e Uruguai e a construção de uma segunda ponte.


Entrada da Bolívia ao Mercosul

Por último, os Parlamentares que conformaram a delegação, assistiram a uma audiência com o Presidente da Câmara dos Deputados, Deputado Rodrigo Maia. Se acordou avançar na pronta aprovação do Protocolo de adesão da Bolívia ao MERCOSUL, ficando estabelecido o compromisso de levar este tema ao plenário da referida Câmara nesta semana.