Governo Federal é ressarcido com R$ 1 milhão, distribuído de forma irregular no Bolsa-Família 

De acordo com informação do site Coluna Política, publicada dia (27/6), o governo federal conseguiu economizar R$ 1 milhão de reais em combate às fraudes no programa Bolsa-família. Segundo a informação, assinada pelo jornalista Ronaldo Nóbrega, “esta é a primeira vez que usuários do Cadastro Único devolvem dinheiro ao Governo Federal por terem recebido indevidamente o benefício do Bolsa Família”.

As irregularidades foram contidas após um trabalho de cruzamento de dados feito pelo Tribunal de Contas da União (TCU) em conjunto com o Ministério da Cidadania. Após análise, foram apontados diversos indícios de irregularidades em cadastros que não possuíam todos os requisitos para ter direito ao programa assistencial, diz o periódico.

Os beneficiados de forma errônea, tiveram que devolver o dinheiro para a administração pública, informou a notícia assinada por Ronaldo Nóbrega. “Quem recebeu indevidamente o dinheiro terá que pagar um boleto enviado pelo governo para o endereço cadastrado. Muitos beneficiários já efetuaram o pagamento somando, no Brasil inteiro, cerca de R$ 930 mil reais. O trabalho conjunto do Ministério da Cidadania e do TCU foi fundamental para reaver esse montante que será revertido às famílias que realmente precisam e que preenchem todos os critérios exigidos pelo programa social”.

A matéria completa está disponível em: https://colunapolitica.com.br/2019/06/governo-recupera-pela-primeira-vez-quase-1-milhao-de-reais-de-beneficios-indevidos-do-bolsa-familia/