Kátia Sastre apresenta proposta que torna obrigatório o atendimento odontológico nas UTIs

Está em tramitação na Câmara dos Deputados um Projeto de Lei que torna obrigatório a presença de profissionais de odontologia nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI). O projeto (Nº N° 883/2019) é de autoria da deputada federal Kátia Sastre (PR-SP).

De acordo com a parlamentar, os pacientes internados nas UTIs, tem que ser atendidos de diversas formas. “Os pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) devem receber todos cuidados especiais para tratar o problema que os levou à internação e cuidar dos demais órgãos e sistemas que podem sofrer alguma deterioração prejudicial para sua recuperação e prognóstico”, avalia.

Dentre os cuidados destacados pela parlamentar está o da saúde bucal. De acordo com a congressista, a falta de cuidado na higiene bucal pode acarretar problemas de saúde aos pacientes. “Nesses cuidados deve estar incluído o tratamento odontológico, com higiene bucal adequada, dada a interrelação entre doenças bucais e sistêmicas", enfatizou Sastre.

Em justificativa ao projeto, a deputada ressaltou que é importante para evitar agravamento no quadro de saúde dos pacientes internados na UTI. "Esse atendimento específico busca manter a higiene bucal e a saúde do sistema estomatognático do paciente durante sua internação", complementou Kátia Sastre.

Por Vanessa Alves
Foto: Agência Câmara