BNDES contrata fundo de crédito para pequenas e médias empresas Revista Brasília |As notícias buscam se destacar de maneira mais proveitosa e satisfatória para a sociedade, como Real Invest, Brasil, Entretenimento, Entrevista & Cia, Gastronomia & Vinhos, Saúde e Beleza e Vídeos, em plataforma online.
REAL INVEST

BNDES contrata fundo de crédito para pequenas e médias empresas

redacao@revistabrasilia.com.br | BNDES  -   22 de novembro de 2021

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) contratou mais um Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) a ser investido no âmbito da Chamada Pública para Fundos de Crédito para MPMEs. O FIDC BizCapital Finpass PME receberá do BNDES aporte de R$ 345 milhões, por meio da subscrição de cotas. O fundo, que também contará com o aporte das estruturadoras e cogestoras Empírica e Gauss Capital, além de terceiros, totalizará um capital de R$ 407 milhões. A iniciativa vai permitir a disponibilização de crédito para empreendedores de pequeno e médio portes com faturamento anual acima de R$ 5 milhões.

O FIDC BizCapital Finpass PME investirá em direitos creditórios decorrentes de operações de crédito realizadas por meio das fintechs BizCapital e Finpass, cujos devedores serão pequenas e médias empresas dos mais variados setores, com foco em dois segmentos prioritários: pequenos varejistas e prestadores de serviços para pequenas empresas. Durante os seis anos de operação do fundo, deverão ser beneficiadas mais de 7,4 mil empresas, por empréstimos que poderão somar R$ 1,8 bilhão, considerando que, nos primeiros 54 meses do fundo, os recursos pagos pelos devedores poderão ser utilizados para conceder novos empréstimos. O ticket médio esperado é de R$ 250 mil, o prazo dos empréstimos, de 24 meses e o custo ao cliente final, de 2,83% ao mês.

A BizCapital é um sistema de soluções financeiras para as PMEs brasileiras, incluindo crédito, conta PJ e educação para gestão. Já a Finpass é um shopping digital de crédito que utiliza algoritmos de matching para que as empresas recebam de forma automática múltiplas propostas de financiamentos.

Segundo o Diretor de Mercado de Capitais e Crédito Indireto do BNDES, Bruno Laskowsky, “os FIDCs da Chamada Pública lançada pelo BNDES têm por objetivo promover o acesso a crédito para uma base importante de clientes no segmento de MPMEs, aumentando a capilaridade de sua atuação por meio de parcerias com Fintechs e contribuindo de forma importante para ampliação das fontes de crédito do mercado”.

“A Empírica possui mais de 50 fundos e gere mais de R$ 5 bilhões dedicados ao crédito estruturado. A expertise destas quatro casas, somada ao apoio do BNDES, faz com que o FIDC BizCapital Finpass PME chegue ao mercado como um produto que, além de trazer segurança e retorno atrativo para os investidores, também agregue para a sociedade e economia brasileira - alcançando e, mais do que isso, ajudando, milhares de empresas no momento em que mais precisam”, afirma Giuliano Longo, Sócio e Chief Growth Officer da Empírica.

No âmbito da chamada, com o FIDC BizCapital Finpass PME já são seis fundos de crédito que poderão receber até R$ 2,15 bilhões em aportes do BNDES, disponibilizando mais de R$ 2,69 bilhões em créditos a MPMEs. Ao todo, estima-se entre 500 mil e 800 mil autônomos, micro e pequenos empresários e autônomos poderão obter crédito mais barato e acessível. Com a chamada pública, o BNDES estima alcançar em torno de 550 mil empresas, com financiamentos por meio de maquininhas, marketplace ou via fintech, mesmo que o empreendedor não seja bancarizado.

“O projeto é uma grande oportunidade para nós e demais parceiros contribuirmos dentro de nossas áreas de atuação com a sociedade em um momento tão sensível de retomada pós pandemia. Em nossa visão, existe um grande gargalo na oferta de crédito para PMEs, limitando o acesso e elevando o preço para uma parcela relevante do PIB brasileiro. Queremos ser parte da solução para a queda dos spreads e o FIDC BizCapital Finpass PME é mais um passo nesse caminho” explica Fabio Okumura, sócio fundador da Gauss (foto).

A expansão do crédito por meio de canais alternativos é uma tendência mundial e está alinhada ao propósito social do BNDES. O banco pode ter uma participação de até 90% do capital de cada fundo, observado o limite de R$ 500 milhões de cada e os recursos devem ser aplicados em negócios no Brasil.

Sobre a Empírica - Com 12 anos de mercado, a Empírica é uma gestora de crédito estruturado com um portfólio de 50 fundos e quase R$ 6 bilhões em ativos sob gestão. Entre seus casos de sucesso estão algumas fintechs-unicórnio brasileiras. O DNA inovador pode ser visto na estruturação dos primeiros FIDC voltados para o financiamento de painéis de energia fotovoltaica (Insole), antecipação de cartão de crédito e home equity (Creditas) – estruturas hoje comumente vistas no mercado. Também atua fortemente no mundo das finanças sociais, em parceria com uma das mais importantes gestoras do setor, a Vox Capital. Mais informações podem ser encontradas no site: www.empirica.com.br

Sobre a Gauss Capital - A Gauss Capital nasceu em 2014 como uma joint venture entre o Credit Suisse e um grupo de executivos. Em 2018 se tornou uma gestora de recursos independente que busca no Brasil e no mundo as melhores oportunidades de investimentos. Com presença em diferentes classes de produtos, possui mais de R$ 2,5 bi sob gestão, e destaca-se pela atuação em fundos Multimercado Macro, além de previdência e crédito privado. Mais informações podem ser encontradas no site: www.gausscapital.com.br

Sobre a BizCapital – A BizCapital é uma fintech que nasceu em 2016, com o propósito de oferecer acesso e recursos para que pequenas e médias empresas brasileiras possam evoluir e impactar positivamente a economia do país. Um sistema de soluções que vão do crédito empresarial à conta PJ, passando por educação financeira, visão de negócios e, acima de tudo, simplificação da jornada do empreendedor.

Sobre a Finpass - Lançada em 2018, a Finpass é o único shopping digital de crédito para pequenas e médias empresas do Brasil. A fintech utiliza tecnologia de matching proprietária para tornar esse processo rápido e efetivo. Com mais de 1.500 parceiros originadores e milhares de empresas cadastradas, somente nos primeiros 9 meses de 2021 a tecnologia Finpass concluiu mais de 2.200 operações de capital de giro com taxas e prazos muito competitivos. Saiba mais em www.finpass.com.br.

Sobre o BNDES - Fundado em 1952 e atualmente vinculado ao Ministério da Economia, o BNDES é o principal instrumento do Governo Federal para promover investimentos de longo prazo na economia brasileira. Suas ações têm foco no impacto socioambiental e econômico no Brasil. O Banco oferece condições especiais para micro, pequenas e médias empresas, além de linhas de investimentos sociais, direcionadas para educação e saúde, agricultura familiar, saneamento básico e transporte urbano. Em situações de crise, o Banco atua de forma anticíclica e auxilia na formulação das soluções para a retomada do crescimento da economia.

Compartilhe