Debates marcam os 29 anos da Secretaria de Política Econômica do Governo Federal Revista Brasília |As notícias buscam se destacar de maneira mais proveitosa e satisfatória para a sociedade, como Real Invest, Brasil, Entretenimento, Entrevista & Cia, Gastronomia & Vinhos, Saúde e Beleza e Vídeos, em plataforma online.
ENTREVISTA & CIA

Debates marcam os 29 anos da Secretaria de Política Econômica do Governo Federal

redacao@revistabrasilia.com.br | MTP.  -   22 de novembro de 2021

Para celebrar os 29 anos da Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia (SPE/ME), o ministro em exercício do Ministério do Trabalho e Previdência, Bruno Dalcolmo, participou do debate: “Capital humano, política social e trabalho”, na última quinta-feira (18).

“Gostaria de agradecer imensamente o convite da SPE/ME, que está comemorando seus quase 30 anos de secretaria. É um agradecimento à instituição que é fundamental para todos os governos e para o Estado brasileiro”, destacou Dalcolmo.

O ministro em exercício também ressaltou temas relevantes para a pasta do Trabalho:  a Reforma da Previdência, a transformação digital e o maior programa de proteção ao emprego da história do país, preservando assim 12 milhões de empregos em meio a pandemia. “A Previdência foi a responsável pelo processamento anual de mais de 700 bilhões em pagamento de benefícios”, acrescentou.

Bruno também enfatizou que no ano de 2019 foram digitalizados 100% de todos os serviços oferecidos à população. “A Carteira de Trabalho Digital é um ganho enorme para o País. Já são mais de 500 milhões de acessos. É o aplicativo do gov.br mais acessado no Brasil”, celebrou.

“Outro exemplo de transformação é o seguro-desemprego digital e os canais digitais da inspeção do trabalho. Essas conquistas importantes foram a realização de um trabalho conjunto dos servidores do Ministério do Trabalho e Previdência e Ministério da Economia”, completou.

Dalcolmo pontuou também a importância das 1000 normas que foram transformadas em 15 atos consolidados. “Trata-se de um trabalho que revisou, desburocratizou e simplificou normas trabalhistas, preservando os direitos dos trabalhadores”, sublinhou.

O secretário de Trabalho da pasta, Luis Felipe Oliveira, também presente ao encontro, exaltou o saldo positivo do emprego com carteira assinada em setembro de 2021, que atingiu os 313.902 postos de trabalho. “No acumulado de janeiro a setembro, foram criadas mais de 2,5 milhões de novas vagas de emprego”, comemorou Luis Felipe.

Compartilhe