Celso Silveira, acionista da Cosan, mulher e filhos são vítimas da queda de avião em SP Revista Brasília
BRASIL

Celso Silveira, acionista da Cosan, mulher e filhos são vítimas da queda de avião em SP

Da Redação com informações da EBC./ Foto: Gustavo Annunciato.  -   14 de setembro de 2021

O empresário Celso Silveira Mello Filho, de 73 anos, a esposa dele,  Maria Luiza Meneghel, de 71 anos, e os três filhos, Celso, 46, Fernando e Camila, 48 anos, morreram na queda de um bimotor em Piracicaba, interior de São Paulo, na manhã desta terça-feira (14/09/21), no acidente de avião ocorrido em Piracicaba, no interior do estado. 

Além deles, também morreram o piloto Celso Elias Carloni e o copiloto Giovani Gulo. As informações foram confirmadas pela empresa Cosan, da qual Mello Filho era acionista.

A aeronave executiva, modelo King Air 360, caiu em uma área de vegetação em Piracicaba, por volta das 9h e provocou um incêndio no local. De acordo com o Corpo de Bombeiros todas as vítimas morreram carbonizadas.

Além de acionista da Cosa, Mello Filho era irmão do presidente do Conselho de Administração da companhia, Rubens Ometto Silveira Mello. O grupo Cosan atua nos setores de agronegócio, distribuição de combustíveis e de gás natural e de lubrificantes e logística.

Compartilhe