Em meio a desafios, Sindivacs celebra aniversário de dez anos

Por Mário Benisti
Da Reportagem
Foto: Quaini Windson

Em comemoração aos dez anos, o Sindicato dos Agentes de Vigilância Ambiental em Saúde e Agentes Comunitários de Saúde do Distrito Federal (Sindivacs) realizou uma confraternização para os filiados. O evento aconteceu no último sábado (09), e contou com a presença de parlamentares do DF. As congressistas Celina Leão (PP) e Érika Kokay (PT) prestigiaram a categoria.

Durante a festa, o presidente do Sindivacs, Aldemir Domício, ressaltou a batalha diária para consolidar a categoria como servidores públicos do Governo do Distrito Federal (GDF). De acordo com o líder sindical, a maior conquista para a classe foi a regulamentação profissional. 

“Em 2006 lutamos para nos inserir no quadro de servidores da Secretaria de Saúde do DF. No entanto, fomos contratados como CLT. Após muitas barreiras enfrentadas, no ano de 2012 conquistamos os mesmos direitos que os demais servidores de Estado tinham e fizemos o nosso primeiro acordo coletivo de trabalho. Já em 2013 realizamos a nossa primeira greve. Nosso protesto iniciou em frente ao Palácio do Buriti, passando pela Câmara Legislativa e seguindo para a Rodoviária parando Brasília. Após muita negociação, nos tornamos Estatutários, não podemos esquecer disso por ser a nossa maior conquista”, conta Aldemir. 

Na avaliação do representante sindical, os agentes agora têm um novo desafio. Em 2018 o GDF suspendeu a gratificação por insalubridade de toda a categoria. Após manifestação dos servidores, que reduziu os atendimentos nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) causando lentidão nos atendimentos à população do DF, o presidente acredita que a reivindicação dos servidores deve ser atendida em pouco tempo.

“A nossa pauta está avançando, mas precisamos nos manter unidos. Se tudo der certo, daqui a dois meses no máximo, teremos outra festa para comemorar mais essa conquista da nossa categoria”, acredita Aldemir Domício. 


Reconhecimento  

A deputada federal Celina Leão (PP), marcou presença na solenidade. Para a parlamentar, os Agentes de Vigilância Ambiental em Saúde e Agentes Comunitários de Saúde “faz um trabalho que muitas vezes a sociedade não vê, mas é um trabalho muito importante no final, porque é de prevenção”, avalia.

Ao parabenizar o Sindivacs pelo trabalho, Celina Leão ressaltou que está acompanhando as reivindicações da categoria junto à Câmara Legislativa e percebe a retirada de direitos dos agentes. Como compromisso com os servidores, a parlamentar ressaltou que irá atuar junto com o sindicato para resgatar o que é de direito dos Agentes de Vigilância Ambiental em Saúde e Agentes Comunitários de Saúde. 

“Agora na Câmara Federal, vou ter condição de corrigir aquilo que muitas vezes é visto como ‘Não há necessidade! ’. Claro que há necessidade! Falar que o servidor que já tinha o direito, que faz um trabalho difícil, pois este não é apenas um trabalho insalubre, é muito perigoso também. Coloco a minha disponibilidade na Câmara Federal de ajuda-los e o servidor unido um sindicato forte, ele consegue minimizar muito as tentativas de retirada dos direitos trabalhistas dos servidores”, disse Celina Leão.       


Prestigio

A deputada federal Érika Kokay (PT) também participou da confraternização. Na avaliação da congressista, que tem em sua trajetória a luta sindical, “ele [Sindivacs] tem papel fundamental para todas as conquistas que a categoria teve, pois todas elas passaram pela luta do Sindivacs. Digo mais do que isso: as lutas que estão por vir elas são lutas onde nós vamos estar contando e precisando do sindicato”, destaca.

Ao comentar sobre o aniversário do Sindivacs, a deputada faz uma avaliação do histórico de vida da entidade sindical. De acordo com a petista, os trabalhos realizados nesse período demonstram o verdadeiro lado da atuação sindical. 

“Estes dez anos de luta se igualam a dez anos de coragem. Todos esses anos defendendo os interesses de profissionais que são fundamentais para a saúde e para a vida de toda a população do Distrito Federal. Contudo, no atual cenário os direitos que foram largamente conquistados pela população correm risco, pois querem calar as escolas, os trabalhadores e criminalizar os movimentos. A concepção que eles têm é de preconceito contra a organização dos trabalhadores. São tempos duros, mas juntos damos conta deles”, defende Kokay.
 

Ausências

O Sindivacs convidou também membros da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF). Os parlamentares convidados foram os distritais Jorge Viana (PSD), representante da Saúde na CLDF e o líder do GDF na Câmara Distrital, Cláudio Abrantes (PDT). Ambos não compareceram ao evento.